Seminário Vida, Mente e As Palavras do Buda – São Paulo 26 a 29 de julho

Lama Trinle nos dará a oportunidade de ouvir os Ensinamentos do Buda e as práticas associadas transmitidas diretamente pelo Venerável Kalu Rinpoche, de acordo com os textos associados recomendados a se estudar e praticar.

Em complemento, o Lama abordará esse tema na perspectiva do conhecimento contemporâneo, partindo do ponto vista histórico e geográfico, fazendo relação correspondente com as ciências sociais, cognitivas, biológicas e com os aspectos culturais.

Fazendo a ligação entre as duas abordagens, veremos o texto chamado “Ensinamentos do Buda em versos”, que são os ensinamentos mais antigos atribuídos ao Buda, preservados nos sutras contidos nas diferentes coleções, ou cânones, em Pali, Chinês e Tibetano.

Será enfatizada a importância da prática de meditação baseada em uma sólida compreensão de sua necessidade e utilidade, bem como um treinamento progressivo em sua metodologia, começando com exercícios básicos. Isso será feito de forma acessível a todas as pessoas.

Para os praticantes budistas, será uma excelente oportunidade de trabalhar em uma perspectiva mais sintética, fazer interconexões com crenças ou costumes mais contemporâneos, para esclarecer a visão tradicional da vida humana e suas possibilidades.

  • Local: Rua Pedro Morganti, 76 – Vila Mariana
  • Datas:
    • Dia 26, quinta-feira, das 19h às 21h
    • Dia 27, sexta-feira, das 19h às 21h
    • Dia 28, sábado, das 08h às 18h
    • Dia 29, domingo, das 08h as 11h30
  • Contribuição: R$ 250,00 para os 4 dias ou R$ 70,00 por dia
  • Inscrições: clique aqui
  • Informações: [email protected]

 


Lama Karma Trinle Künkhyab (Daniel Gerrer) nasceu na França em 1949. Recebeu treinamento profissional em Artes Gráficas por quatro anos e trabalhou na Suíça durante dois anos. Teve contato com o Budismo Tibetano em 1971, vindo a ser um dos primeiros discípulos ocidentais do I Kalu Rimpoche. Permaneceu por três anos em Samye Ling, na Escócia.

Participou em 1974, junto com o grupo de Lamas que veio da Índia com Kalu Rinpoche, da fundação do primeiro grande Centro de Dharma em Paris, que recebeu à época quase todos os grandes Lamas que vieram para o ocidente pela primeira vez, começando com Sua Santidade o XVI Karmapa.

Viajou, por seis meses em 1979, à Índia, com o intuito de visitar os locais sagrados e de estudar com grandes mestres. Em 1980, ajudou a organizar em Paris a primeira iniciação de Kalachakra dada no ocidente por Kalu Rimpoche, a pedido de Sua Santidade o Karmapa.

Em 1985, recebeu ordenação monástica do I Kalu Rimpoche, que lhe deu o nome Karma Trinle Künkhyab. Permaneceu por três anos em Samye Ling, Escócia, Concluindo assim o tradicional retiro de três anos em 1988. Nos 15 anos que se seguiram, continuou seu estudo do Dharma ao mesmo tempo em que se dedicava paralelamente à sua carreira profissional. Participou desde o princípio no estabelecimento e organização das atividades de estudo e prática do Dharma do Centro Budista Tibetano Kagyü Pende Gyamtso, em Brasília. Desde 2003, consagra-se ao Dharma em tempo integral. Iniciou em Brasília o programa extensivo de estudo e preparação para o retiro de três anos.

Desde o mês de março de 2005 tornou-se Lama residente do KPG junto ao Lama Sonam. Ambos participam em conjunto com a Sangha no desenvolvimento de estudos e práticas do Dharma, entre as quais a realização do primeiro retiro de três anos da Linhagem Shangpa realizado no Brasil.

 

A mente precede os fenômenos;
A mente é rápida, é a mais importante;
Se alguém fala ou age com uma mente lúcida,
Obterá a felicidade, como a sombra que nos segue.

Udanavarga Cap. XXXI, Verso. 24  –  Dhammapada Cap. I, Verso 2

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *