Bodhisatvacharyavatara 46 – Capítulo 6: A Paciência

Bodhisatvacharyavatara Capítulo VI (download do texto completo)

  • Uma história extraída de Os 500 Contos Budistas: O bodhisatva, o rei e o caçador.
  • Continuação dos comentários sobre os ensinamentos de Shantideva sobre a Paciência, situando-os nas escolas filosóficas do Budismo.
  • Link para a música mencionada durante o ensinamento
  • Link para o texto de Nga Dön, mencionado durante o ensinamento

 

Capítulo 6 – A Paciência

Como praticar a paciência, a terceira paramita

c) praticar a paciência que consiste em não revidar a raiva com raiva Tolerância em relação as ofensas dos outros ( de 34 a 63)
1_refletir sobre a maneira de praticar a compaixão (35 a 38)

Certos seres sencientes até se prejudicam em sua ignorância

35 – 36: No entanto, pela falta de atenção,
As pessoas se machucam com espinhos e outras coisas,
E para conquistar mulheres e bens,
Tornam-se obcecados e se privam de alimento etc.
E há alguns que ferem a si mesmos,
Através de atos não meritórios (que trazem maus renascimentos),
Ou se enforcam, saltam de penhascos, Ingerem veneno e alimentos não saudáveis

Não é tão surpreendente que eles nos prejudicam se eles se matam em sua ignorância

37: Se, dominadas pelas emoções perturbadoras,
As pessoas podem até se suicidar,
Como se pode esperar que não causem danos,
Para os corpos de outros seres vivos?

Portanto, é razoável ter compaixão por eles

38: Mesmo se eu não puder desenvolver compaixão por essas pessoas,
Que através do surgimento de emoções perturbadoras,
Prejudicam a si próprios e assim por diante.
Devo, no mínimo, me abster de ficar com raiva.

2_triunfar sobre as causas da raiva (39 a 41)

Se é da natureza da pessoa ficar com raiva, é inapropriado ficar com raiva dele

39: Mesmo que fosse da natureza dos infantis (ignorantes, loucos),
Causar danos a outros seres.
Ainda assim seria incorreto ficar com raiva deles,
Pois isto seria como repreender o fogo por ser quente.
Também não é razoável ficar com raiva se a culpa de fazer mal está passando

40: Sendo a falha temporária,
Nós que somos sábios por natureza, (todos os seres tem a natureza de Buda)
Também seria incorreto ficar com raiva deles,
Pois isto seria como repreender o céu por abrigar fumaça.
Através da verificação das causas diretas e indiretas, não é razoável ficar com raiva.

41: Embora minha raiva seja contra o agressor,
Ainda que eu seja realmente prejudicado pelo seu bastão,
Então, como ele também é secundário, sendo por sua vez incitado pelo ódio,
Eu devo, portanto, me indispor com o seu ódio.

 


O Centro Budista Tibetano Kagyu Pende Gyamtso é uma associação sem fins lucrativos, mantida exclusivamente com a contribuição de seus membros e amigos.

Quer contribuir para com o KPG? Seja muito bem-vindo! Clique aqui e saiba mais.