Dordje Chang Tungma 09 – Que em todos os meus nascimentos…

.
.

Que em todos os meus nascimentos,
Possa eu não estar separado do perfeito Lama,
Usufruir da Glória do Dharma,
Realizar completamente as qualidades dos caminhos e das terras
E atingir rapidamente o estado de Dordje Chang.

Graças e essa virtude,
Tendo realizado rapidamente o Mahamudra,
Possa eu conduzir a esse estado
Todos os seres sem exceção.

Pela graça do Buda, que obteve os três corpos,
Pela graça da imutável verdade do Dharma-em-si,
Pela graça da infalível aspiração da Sangha,
Possa essa súplica de dedicatória realizar-se tal como ela é.

Seguindo a estrutura geral do texto, esquematizada abaixo, vimos hoje a última parte do texto.

  1. Refúgio e Bodhicitta
  2. Prece à Linhagem
  3. Desapego – Preliminares comuns
  4. Devoção – Preliminares especiais
  5. Estabilidade – Shinê
  6. Essência dos ensinamentos – Hlagtong
  7. Dedicatória

Após uma revisão do que foi visto até aqui, vimos com maior profundidade o significado de termos fundamentais das últimas estrofes da Prática de Dordje Chang Tungma: todos os meus nascimentos; o Perfeito Lama; a Glória do Dharma; os Caminhos e as Terras. Sobre este último, recomenda-se a leitura dos capítulos 19 e 19 do Ornamento da Preciosa Liberação, de Gampopa. Sobre a dedicatória, recomenda-se, ainda, a leitura de Preservar o Mérito, um ensinamento dado por Kalu Rimpoche em Kagyu Ling, em maio de 1980.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *