Taranatha – A Essência da Ambrosia 27 – Contemplação 43

 

Os ensinamentos de hoje abordaram a contemplação 43, do Capítulo 11 – Meditação na Mente do Despertar de Aspiração

 


 

CAPÍTULO 11 – Meditação na Mente do Despertar de Aspiração

Este capítulo tem três partes: treinamento na aspiração na mente do despertar de aspiração [Contemplação 40], treinamento em relembrar os benefícios [Contemplação 41] e os compromissos do treinamento [Contemplações 42 a 44]

Contemplação 43 – Esforçando-se para Acumular Mérito

Na medida em que minhas qualidades gradualmente se desenvolvem, aplicar-se às duas acumulações é importante. Assim, deste dia em diante, treinarei nas duas acumulações. Na acumulação de méritos, fazendo oferendas às Três Raras e Sublimes, cuja grande benevolência é descrita nos sutras e comentários, servindo à comunidade espiritual, oferecendo tormas aos elementais, prostrando-me, doando, dando voltas nas estupas, recitando mantras, cultivando a fé, meditando sobre o amor e a compaixão, meditando sobre a paciência e assim por diante.

Eu devo treinar-me na acumulação de sabedoria escutando o dharma, retendo as palavras e pensando sobre o seu significado, livrando-me das contradições. Dessa forma, minha inteligência cortará as dúvidas. O que se chama o selo da não concepção das 3 esferas: através do estudo, se alcança a compreensão de que todo o samsara e o nirvana são desprovidos de realidade; através da reflexão se alcança a certeza, e através da meditação a realização será verdadeira. Essa é a única coisa que preciso compreender e experimentar.

Por intermédio da visão de que a oferenda e assim por diante são irreais e treinando-se a partir dessa visão, o mérito se torna consciência primordial, e consciência primordial se torna mérito. Isso é praticar a união das duas acumulações.

Contemple dessa forma repetidamente. Entre as sessões, sempre implemente esses pontos na prática, tanto quanto for possível.

 


Queridos Amigos,

O Centro Budista KPG foi criado em 1987 e se desenvolveu exclusivamente graças a pessoas que ao longo desses anos contribuíram com suas competências e também com suporte financeiro, na medida de suas capacidades e possibilidades.

Para podermos continuar funcionando segundo este principio associativo e não lucrativo, coerente com o conceito da Sangha, é essencial que mais pessoas contribuam.

Não hesite em participar, tornando-se membro, oferecendo uma contribuição financeira modesta, ou seu trabalho voluntário. Dessa maneira você compartilha do mérito gerado através de todas as atividades do Centro.

Como é dito nos ensinamentos sobre a dedicação de méritos: Dedicando nossos atos positivos para o bem de todos os seres, nosso mérito se torna ilimitado, como uma gota de água misturada no oceano.

Caso queira fazer uma contribuição eventual ou se tornar membro, basta clicar neste link

Com nossos melhores votos, 

A sangha KPG

 

Deixe uma resposta